top of page

Como Medir o ROI de Treinamentos Corporativos

Atualizado: 16 de jan.

Investir em treinamentos corporativos é uma prática comum em empresas que buscam atualizar competências e impulsionar a produtividade de seus funcionários. No entanto, é vital entender se o dinheiro investido está gerando o retorno desejado. Para isso, o cálculo do Retorno Sobre Investimento (ROI) de programas de treinamento é uma ferramenta indispensável. Neste artigo, abordaremos como calcular o ROI e dicas para otimizar seus programas de treinamento.


1. A Importância do ROI em Treinamentos Corporativos

O ROI (Retorno Sobre Investimento) é uma métrica que permite avaliar o retorno financeiro de um investimento. No contexto de treinamentos, ele mede quanto a empresa está ganhando (ou deixando de perder) em relação ao que foi investido no treinamento.

Fórmula Básica:

ROI =

(Ganho obtido – Custo Investimento) x 100

—————————————–

Custo Investimento


2. Estabelecendo os Benefícios do Treinamento

Antes de calcular o ROI, é fundamental identificar os benefícios trazidos pelo treinamento:

  1. Aumento de Vendas ou de Produtividade: Um aumento nas vendas ou na eficiência das tarefas pode indicar um treinamento bem-sucedido.

  2. Qualidade: Redução de erros, menos retrabalho e aumento da satisfação do cliente apontam para a assimilação correta do conteúdo.

  3. Engajamento: Treinamentos podem resultar em equipes mais motivadas e engajadas, levando a uma menor rotatividade.

3. Levantamento dos Custos

Considere todos os custos associados ao treinamento:

  1. Custos Diretos: Valores pagos para o treinamento (contratação de empresa, professor, locação de espaço, etc)

  2. Custos Indiretos: Tempo que os funcionários passam em treinamento e possíveis despesas de viagem.

  3. Custos Intangíveis: Custos menos palpáveis, como uma eventual pausa na produção durante o período do treinamento.

4. Avalie o Impacto no Longo Prazo

O impacto de um treinamento pode ir além dos benefícios imediatos. Pense em como os conhecimentos adquiridos vão influenciar os próximos meses ou anos. As competências desenvolvidas podem levar a inovações ou melhorias contínuas nos processos.

5. Ferramentas e Softwares de Análise

O mundo digital oferece inúmeras ferramentas que facilitam a coleta e interpretação de dados. Softwares de gestão, por exemplo, podem automatizar muitos dos cálculos necessários, oferecendo insights valiosos sobre a eficácia dos treinamentos.

6. Feedback Contínuo

Recolha feedback dos funcionários para entender melhor o impacto real dos treinamentos. Estas informações podem ajudar a ajustar futuros treinamentos e aperfeiçoar a estratégia de capacitação.

A capacitação de uma equipe é um investimento de longo prazo. Investir em treinamento é vital, mas saber o retorno desse investimento também é crucial. Ao medir o ROI, as empresas não apenas justificam o investimento em capacitação, mas também identificam oportunidades de melhoria.


Quer um treinamento corporativo sob medida, que fale diretamente às necessidades da sua empresa e ofereça um ROI significativo?


Conheça os treinamentos incompany personalizados da ComSchool. Dê o próximo passo rumo à excelência e capacite sua equipe com os melhores. Clique aqui e saiba mais!

Comments


bottom of page