top of page

Anúncios Pagos: Descubra os erros que você deve evitar

Os anúncios pagos são uma forma rápida de atingir um grande público online para impulsionar os resultados da sua empresa.

E com o avanço das plataformas digitais as possibilidades de criação de anúncios pagos aumentou. Bem como, a complexidade para a realização dos famosos ads.

Se engana quem pensa que gastar mais irá gerar mais resultado. Os anúncios pagos são mais complexos que isso.

O segredo é otimizar suas campanhas ao máximo para elas serem relevantes para o público certo.

Para te ajudar a realizar anúncios pagos de sucesso listamos alguns dos erros mais comuns que você pode estar cometendo e estão fazendo você gastar mais para obter um resultado abaixo do esperado.

Você quer se tornar um profissional de Alta Performance para planejar, criar, executar e manter campanhas com foco em ROI (Retorno sobre Investimento)? Conheça o Curso de Marketing Digital de Alta Performance e tenha aulas com professores experts do mercado.

Erros que você deve evitar em anúncios pagos

Falta de planejamento da campanha e orçamento

Dentro de uma empresa planejamento é a palavra de ordem! Planejar para depois agir é sem dúvidas o caminho mais promissor. E quando falamos de anúncios pagos não é diferente.

Todos os anúncios precisam ter objetivos claros que se alinham aos objetivos de negócio da empresa. Tal como um público bem segmentado, um cronograma de implementação incluindo a fase de testes e otimização da campanha.

A sua estratégia de anúncios pagos precisa comunicar o diferencial competitivo da sua empresa, produto ou serviço para uma audiência segmentada para a qual você quer vender. Deste modo, a definição dos objetivos, um orçamento e das métricas para mensurar resultados são aspectos mandatórios.

Objetivos mal definidos

Uma das ações mais importantes na hora de criar um anúncio é a escolha do objetivo. Lembrando que ele deve estar alinhado ao objetivo de negócio.

Objetivos mal definidos mudarão toda a dinâmica das suas campanhas e farão você concentrar esforços e dinheiro em algo que não trará os resultados esperados.

Para isso, além de conhecer bem os tipos de campanhas de cada mídia e o que elas podem trazer de benefícios, você precisa fazer algumas perguntas básicas:

  1. O que você quer de resultado ao final da campanha?

  2. Você quer mais visitas no seu site para promover um conteúdo ou até mesmo sua marca?

  3. Você quer gerar mais vendas no seu e-commerce ou captar leads através de formulários?

Para cada uma dessas ações há um objetivo específico dentro das plataformas de anúncios. É possível pensar basicamente 4 objetivos, que são:

  1. Geração de Leads

  2. Vendas

  3. Tráfego

  4. Branding

Falta de foco na segmentação

Um dos erros mais comuns em anúncios pagos é não conhecer o seu público. Dessa forma, há quem acredite que quanto mais amplo o público mais vantajoso, quanto mais gente melhor. E é aí que mora o perigo!

Quando a segmentação do público dos seus anúncios pagos é muito ampla as chances de você gastar dinheiro para atingir pessoas que não têm interesse nos bens que você está ofertando é bem maior. E assim você deixa de levar a sua mensagem para possíveis compradores do seu produto ou serviço.

Se você não conhece muito bem o público que deseja alcançar na campanha está tudo bem. Existem diversas formas de conhecer esses usuários. Uma delas é rodando uma campanha de teste para ver o que está dando certo ou não.

O importante é que os anúncios sejam direcionados para um target específico. E aí, cada mídia faz essa segmentação de maneiras diferentes.

O Google Ads, por exemplo, faz essa segmentação através de palavras-chave, já o Facebook usa outros parâmetros para fazer a segmentação, como: interesses, localização geográfica, dados demográficos e afins. Agora, o Linkedin usa empresas e cargos para direcionar a publicidade dentro da rede social.

Portanto, digo e repito, você precisa conhecer bem cada uma das mídias que você vai utilizar para fazer anúncios pagos. Desta forma você otimiza seu tempo, esforço e dinheiro.

Na ComSchool você encontra o curso ideal para fazer anúncios pagos em diversos canais. Quer aprender na prática a criar campanhas e anúncios de performance no Google Ads? Conheça o Curso de Google Ads e saiba como aumentar seus resultados. Agora, para aprender a utilizar o Facebook Ads temos o Curso de Facebook Marketing na Prática .

Esquecer da página de destino do anúncio pago

Dependendo do objetivo da sua campanha a página de destino do seu anúncio pode ser o seu site ou blog, a página do seu e-commerce ou uma Landing Page, principalmente se o seu objetivo for a captação de leads e conversão.

O ponto é, você precisa direcionar o público que será impactado nos anúncios pagos para algum lugar. E este lugar precisa necessariamente ser uma extensão do anúncio e se conectar com a mensagem passada.

Além disso, esquecer da qualidade da página é um erro fatal para o seu anúncio. Páginas que não carregam ou não são responsivas para dispositivos móveis podem matar a sua campanha.

Escolher apenas um canal

Não é nenhuma novidade que existem diversos canais disponíveis para a realização de anúncios pagos na internet. Há um mundo de possibilidades e não utilizá-las é perda de tempo.

Um erro comum para quem faz anúncios pagos é investir em um só canal arriscando cansar a audiência dele e deixar de atingir as demais pessoas que estão nos outros canais.

Você precisa estar atento à jornada de compra do seu consumidor para atingir ele em diversos canais. Diversificar os canais também possibilita a realização de testes para gerar inovações e otimizar o investimento em campanhas.

Contar somente com campanhas inteligentes

As campanhas inteligentes do Google Ads ou o botão de “impulsionar publicação” nas redes sociais pode ser atrativo e tentador para aqueles que desejam realizar anúncios pagos de forma prática e fácil. Afinal, ele garante anúncios pagos com a simplicidade de poucos cliques.

No entanto, ao mesmo tempo que as campanhas inteligentes são práticas, o profissional perde controle de diversos aspectos que podem tornar sua campanha mais eficiente.

Esses tipos de anúncios tendem a limitar a segmentação e os objetivos que você pode escolher para a sua campanha. Os objetivos destes anúncios em sua maioria é promover interação no anúncio pago, sem que isso converta em visitas no seu site e posteriormente em vendas.

Programar uma campanha através do gerenciador de anúncios demanda mais tempo e esforço. Mas você não vai se arrepender de reservar um tempinho do seu dia para programar seus anúncios.

Usar o mesmo anúncio para todos os canais

Acredito que até agora você já entendeu que cada mídia possui características diferentes quando falamos de anúncios pagos, não é mesmo?

E se elas possuem diversas especificidades as chances de um mesmo anúncio dar certo em todas elas é quase nulo.

Desta forma, você precisa personalizar alguns fatores que vão impactar diretamente na performance do seu anúncio como: a mensagem e a linguagem que será utilizada, o criativo, o call to action, a página de destino e assim vai. Não se esqueça dos formatos dos anúncios que precisam estar de acordo com cada canal.

Customizar seus anúncios demanda mais da sua equipe, mas pode ter certeza que vai valer a pena.

Não realizar testes e não analisar resultados

Quanto mais você realizar testes mais rápido você vai aprender o que pode ou não dar certo.

São vários aspectos que podem ser testados. Desde canais, segmentações do público, criativos, páginas de destino, formatos como vídeo, carrossel ou imagem única, interesses, palavras-chave e muito mais.

Para garantir que você está tirando os melhores resultados dos seus anúncios pagos você tem que fazer um teste A/B de tempos em tempos para saber quais configurações estão performando melhor. E com o tempo os seus anúncios pagos performarão cada vez melhor trazendo mais resultados.

Uma etapa importante da realização de testes é a análise de resultados. Sem isso você está trabalhando no escuro, o que é péssimo.

Um dos mitos dos anúncios pagos é que: quanto mais cliques um anúncio tiver mais resultado você terá.

Para mensurar os resultados reais das suas campanhas defina as métricas corretas que você vai acompanhar e elas precisam se relacionar com o seu objetivo.

As principais métricas que você deve analisar são:

  1. CPC (Custo por clique)

  2. CTR (Taxa de cliques)

  3. CPL (Custo por Lead)

  4. ROAS (Return on Advertising Spend) – retorno do investimento em publicidade.

  5. CPM (Custo por 1.000 Impressões)

Ao analisar as métricas acima você pode fazer algumas adaptações na sua campanha para gerar mais resultados e otimizar seus anúncios pagos, como:

  1. Alterar a página de destino do anúncio

  2. Mudar a segmentação do anúncio

  3. Criar uma nova campanha

  4. Otimizar o orçamento da campanha

  5. Mudar a região em que o anúncio está sendo veiculado

Logo, uma campanha com anúncios pagos é um investimento que vai muito além do dinheiro gasto. Você precisa planejar muito bem cada ação. Caso constrário você não atingirá os objetivos esperados e seu dinheiro vai para o ralo com toda certeza. Preste bem atenção em todos os pontos levantados acima e avalie se você está mesmo fazendo o possível para que seus anúncios pagos performem bem em cada canal.

Conheça os Cursos de Marketing Digital da ComSchool, onde você aprende na prática a configurar campanhas, gerar e analisar relatórios personalizados, capturar mais leads para sua empresa.

LEIA TAMBÉM!

تعليقات


bottom of page