top of page

O que é AMP? Entenda por que essa tecnologia é importante para sites

Todo mundo já passou pela experiência de entrar em um site pelo celular e demorar muito para carregar. Às vezes, o tempo de carregamento é tão longo que acabamos desistindo de visitar a página e buscamos a solução em outro lugar. Em casos como esse, o desenvolvedor da página provavelmente não sabe o que é AMP.

Simples, prática e rápida, essa tecnologia é muito importante para aumentar a velocidade de carregamento de um site, especialmente em dispositivos móveis. Com o conteúdo a seguir, entenda melhor como ela funciona e como aplicá-la poderá fazer uma grande diferença para o seu negócio.

Accelerated Mobile Pages

A sigla AMP significa Accelerated Mobile Pages, ou páginas aceleradas de dispositivos móveis, em tradução livre. O objetivo delas está no nome: ser uma alternativa mais rápida para que celulares, tablets etc. possam acessá-las de forma simples.

Elas funcionam puramente com códigos HTML, e o CSS é limitado a 50 kb — isso significa que são páginas extremamente simples e leves para serem carregadas, até mesmo por dispositivos de baixa performance ou conexões lentas. Isso é importante pois dispositivos móveis costumam usar conexão de dados limitada.

A tecnologia surgiu em 2016, com o AMP Project, do Google. A ideia era criar uma alternativa para que usuários parassem de deixar sites antes mesmo de eles carregarem. Segundo estudos do próprio Google, se uma página levasse mais de 3 segundos para carregar, usuários deixariam de visitá-la.

Dessa maneira, o projeto em código aberto surgiu para criar sites mais rápidos e com menos informações. Cada segundo de demora no carregamento pode significar até 20% a menos de conversão. Por isso, a ideia era diminuir esse tempo ao máximo.

Como funciona uma página AMP?

Agora que você sabe o que é AMP, é importante entender como funciona. Como explicado anteriormente, ela é quase toda baseada em HTML, pois o objetivo dessas páginas é exatamente ser simples e rápidas.

De maneira simplificada, o AMP HTML será a estrutura principal da página. Ele terá todas as informações e funcionalidades essenciais (e obrigatórias) de um site AMP. O AMP JS será responsável por buscar as informações necessárias em fontes externas para o carregamento da página.

Ambas as estruturas são obrigatórias para todas as páginas AMP. Há uma terceira, AMP CDN, que é facultativa. Você pode optar por usá-la caso queira que exista uma versão em cache da sua página nos servidores do Google, o que aumenta ainda mais a velocidade de carregamento.

A velocidade da página está diretamente relacionada à quantidade de informações que ela carrega. Por isso, a simplicidade de um código AMP diminui consideravelmente o tempo de carregamento. Além disso, a navegação dos usuários é simplificada, pois todos os elementos já carregam onde devem estar.

Por que utilizar o AMP?

Existem diversos motivos para começar a usar AMP em seu site. Entender o que é AMP e aplicar essa tecnologia a favor do seu negócio é uma das formas mais simples de garantir melhor qualidade de navegação aos usuários.

SEO

LCP, FID e CLS são as siglas de três métricas fundamentais para o Google na hora de determinar a velocidade de carregamento de uma página. Isso, por sua vez, influencia diretamente no SEO — quanto melhor a sua pontuação de page speed, melhor serão suas chances de aparecer na primeira página do buscador.

Experiência do usuário

Sabe aquele momento em que você está lendo um artigo e os parágrafos ficam se mexendo porque a página ainda não carregou completamente? Isso é tão irritante para você quanto para as outras pessoas que acessam esse site. Conteúdos que carregam rapidamente trazem uma experiência muito mais positiva.

Além disso, essas páginas usam menos dados para serem carregadas. São informações de fácil acesso, que gastam menos tempo e dados do usuário — normalmente, são carregadas em milissegundos quando estão nos servidores de cache do Google.

Conversão

Um usuário não vai conseguir comprar algo de seu site caso não consiga acessá-lo. Por isso, uma página AMP pode ser benéfica até mesmo para a conversão de um lead, trazendo mais vendas para o seu negócio.

Versões diferentes

Muitos desenvolvedores se preocupam com a individualidade do site ao usar AMP. Enquanto simples, a tecnologia ainda permite um certo nível de customização. Além disso, toda página AMP deve estar conectada a uma página HTML e, se acessada de um dispositivo não móvel, levará o usuário à versão “completa”.

Monetização

Outra preocupação se dá em relação aos anúncios que estão nas páginas de sites. Páginas AMP também oferecem suporte para anúncios, mas não de todos os tipos. Formatos que mudam de tamanho, por exemplo, não são aceitos.

As melhores dicas para o seu negócio estão na ComSchool!

Gostou de aprender o que é AMP e como ele pode trazer benefícios ao seu site? Então, não deixe de acompanhar a ComSchool aqui no blog e de conhecer os cursos que oferecemos para te ajudar a alavancar seu negócio! São diversas opções para você se especializar em assuntos relevantes para o segmento.

Comentários


bottom of page