top of page

O que é mídia programática? Saiba como funciona

Para quem não possui tanta familiaridade com as ferramentas do marketing digital, pode ser difícil compreender como os tipos de publicidade são inseridos em algum ambiente on-line. Sendo assim, a mídia programática é o tipo de anúncio direcionado a um público específico que revolucionou a comunicação das empresas com o público.

Ao utilizar uma rede social, como o Facebook ou o próprio YouTube, é comum encontrar anúncios posicionados em diferentes lugares da página. A compra e a venda desse tipo de conteúdo está diretamente ligada às ferramentas de mídia programática disponíveis.

Para você entender como funciona esse conceito, neste artigo, apresentamos a definição de mídia programática e as principais ferramentas utilizadas para a divulgação de anúncios na internet. Dessa forma, é possível ficar por dentro de tudo sobre o tema e saber as principais formas de potencializar a visibilidade do seu negócio.

O que é?

Afinal, o que é mídia programática? Como o próprio nome sugere, é uma maneira programada de comprar e vender mídia por meio de uma ferramenta. Assim, você deixa de escolher o canal em que vai veicular o conteúdo para priorizar o perfil do consumidor e determinar quando pagar por ele.

A compra programática ocorre quando você utiliza um sistema ou uma ferramenta para obter algo. Acessar um e-commerce especializado e adquirir um sapato ou uma camisa de futebol se encaixa nessa categoria, por exemplo.

Porém, como funciona mídia programática? De forma simples, esse modelo de gerenciamento de mídia paga se refere ao processo de automação de compra de anúncios a partir do uso de softwares, sem a necessidade de um ser humano participar do processo. Para você compreender melhor, existem diversos indicadores. Confira abaixo.

Ad Exchange

Ela é caracterizada por redes de leilão de inventário, que funcionam nos moldes da Bolsa de Valores. Nesses ambientes, você compra audiência em tempo real. É possível escolher: “Quero atingir apenas perfis de homens de 30 a 40 anos que gostem de futebol e tenham nível superior”, por exemplo.

Ad Network

São agregadores de conteúdo plugados às Ad Exchanges. Podem ser horizontais, que agrupam os canais por tipo de conteúdo, ou verticais, que só comercializam uma temática específica.

RTB (Real-Time Bidding)

É a expressão que define a compra de mídia em transações em tempo real. Esse é um modelo em que as publicidades são negociadas por meio de um leilão programático.

DSP (Demand-Side Plataform)

Plataforma que auxilia a compra de mídia em tempo real. O sistema se conecta com a Ad Exchange para adquirir os espaços onde os anunciantes vão inserir as publicidades.

SSP (Sell-Side Plataform)

Para os veículos, esse é o correspondente da DSP. A plataforma olha para todos os inventários em tempo real, integra várias praças do mercado e mostra qual delas é a mais interessante no momento.

ATD (Agency Trading Desks)

O comprador pode efetuar a compra diretamente dos espaços para anúncios. Isso pode ser realizado via agência ou trading desks, também conhecidas como mesas de operação.

Como utilizar a mídia programática em uma empresa?

Para implementar a mídia programática em seu negócio e usá-la ao seu favor, é necessário planejar uma estratégia de marketing digital que considere diversos fatores. Isso porque empreendedores e gestores devem pensar nos objetivos das campanhas, no público-alvo da mensagem, entre outras questões.

Existem ferramentas que podem ajudar gestores que querem utilizar a mídia programática para a divulgação dos inventários de publicidade, como a Criteo e o AdRoll. Ambas as opções possuem foco na otimização do ROI (Retorno sobre Investimento). O diferencial é a segunda alternativa atuar em parceria com o Facebook.

Apesar de se tratarem de ferramentas que buscam automatizar o processo de compra de anúncios para mídia programática, é importante ressaltar que a interferência humana é necessária para o direcionamento das campanhas. Apesar disso, todo o restante do procedimento é realizado por meio de softwares que visam entregar os conteúdos.

Um fator importante que os empreendedores devem considerar é o custo. Cada empresa deve gerenciar o uso da mídia paga conforme o planejamento estratégico definido, considerando o público-alvo que deseja atingir.

Aprenda a utilizar anúncios para a publicidade de sua empresa com a ComSchool!

A metodologia apresentada surgiu com a revolução digital dos meios de comunicação e tecnologia, além de ser altamente benéfica. A partir dela, tornou-se mais viável compreender a audiência e o impacto de campanhas de marketing digital a níveis mais complexos.

Quer descobrir como gerenciar anúncios para o seu negócio de forma efetiva? Com o curso de marketing digital de alta performance da ComSchool, você aprende a monitorar campanhas com baixo custo, atraindo ainda mais clientes.

Comentários


bottom of page