top of page

Quais são as profissões em alta no momento? Conheça as habilidades do futuro

Prever tendências e se preparar para o futuro é uma habilidade que tanto colaboradores quanto empresas devem buscar. Dessa maneira, conhecer as profissões em alta é essencial para estar antenado às necessidades do mercado e garantir uma conexão com a atualidade.

Por isso, caso você queira se manter atualizado, basta ficar atento às tendências que o mercado de trabalho apresenta. Saiba mais sobre as profissões em alta no futuro e entenda como se preparar para a era digital, que não para de crescer!

Empregos em alta em 2022

Todo ano, o LinkedIn prepara uma lista com os empregos que vão ter uma participação cada vez maior entre as vagas da plataforma. Ano passado, o ranking contou com um notável protagonismo das profissões digitais. Em 2022, esse cenário se mantém.

O estudo elaborado pela ComSchool no ano de 2021 aponta para a mesma tendência. Estima-se que há mais de 30 mil vagas abertas no mercado digital, em todos os níveis hierárquicos. Em 2019, esse número correspondia a 5 mil, reforçando a mudança no mercado de trabalho.

Este ano, o foco das empresas está na segurança da informação e no tratamento de dados. Por isso, profissões nas áreas da ciência de dados, desenvolvimento de sistemas e análise de tráfego tomam as rédeas. A seguir, veja as profissões em alta no Brasil em 2022, segundo o LinkedIn:

  1. pessoa recrutadora especializada em tecnologia;

  2. pessoa engenheira de machine learning;

  3. pessoa engenheira de dados;

  4. especialista em cibersegurança;

  5. representante de desenvolvimento de negócios;

  6. pessoa gestora de tráfego;

  7. pessoa engenheira de confiabilidade para websites;

  8. pessoa pesquisadora de experiência do usuário;

  9. cientista de dados;

  10.  analista de desenvolvimento de sistemas;

  11.  pessoa engenheira de robótica;

  12.  pessoa desenvolvedora de back-end;

  13.  gerente de engajamento;

  14.  gerente de equipe de produto;

  15.  pessoa engenheira de quality assurance;

  16.  pessoa consultora de gestão de dados;

  17.  líder de experiência do cliente;

  18.  analista de design;

  19.  analista de soluções;

  20.  analista de gestão de riscos;

  21.  pessoa consultora de design de produtos;

  22.  pessoa coordenadora de vendas internas;

  23.  pessoa enfermeira intensivista;

  24.  designer de conteúdo;

  25.  pessoa instrutora de Agile.

Como é possível constatar, quase metade das profissões em alta estão relacionadas à tecnologia. Em comparação ao ano passado, onde apenas um terço das vagas pertenciam à área, esse é um aumento significativo.

Habilidades do futuro

Aliados à demanda crescente por profissionais das áreas digitais, os últimos anos revelaram uma necessidade de desenvolvimento e aprimoramento de habilidades do futuro. Por isso, o Fórum Econômico Mundial revelou as 15 competências que vão fazer a diferença para profissionais até 2025:

  1. aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado;

  2. pensamento analítico e inovação;

  3. raciocínio lógico;

  4. resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade;

  5. experiência do usuário;

  6. liderança;

  7. uso, monitoramento e controle de tecnologias;

  8. foco no cliente;

  9. pensamento crítico;

  10.  resolução de problemas;

  11.  inteligência emocional;

  12.  criatividade;

  13.  programação;

  14.  análise e avaliação de sistemas;

  15.  persuasão e negociação.

Um dos grandes destaques da lista do Relatório do Futuro do Trabalho é a requalificação, também chamada de reskilling. Ela é essencial para os profissionais, especialmente aqueles com mais experiência, se manterem atualizados nas profissões em alta e nas mudanças que o mercado exige.

Segundo o estudo, as empresas estimam que uma média de 40% dos trabalhadores vão precisar de requalificação em até seis meses. 94% dos líderes de negócios relatam que esperam que os funcionários adquiram novas habilidades para o trabalho.

Como se preparar para o mercado de trabalho

O mercado de trabalho muda cada vez mais rápido. Mesmo que algumas profissões do momento não sejam novas, como a de analista de desenvolvimento de sistemas, elas ainda precisam de constante estudo para o profissional ficar atualizado, como demonstrado.

Para isso, é preciso investir em cursos que façam sentido para a carreira que você possui ou busca seguir. A ComSchool separou três opções para mostrar por onde começar, com base em diferentes profissões em alta.

BI e performance

Cursos com foco em performance são excelentes para profissões como gestor de tráfego e cientista de dados. Assim, você pode se especializar em como coletar e analisar dados de leads e clientes, desenhando planos mais estratégicos para sua empresa.

Inteligência emocional

Se você deseja alavancar sua carreira, não importa em qual das profissões em alta seja, aprender um pouco mais sobre inteligência emocional é fundamental. Por isso, busque cursos que vão te ajudar em relação ao tema, oferecendo suporte a uma das características mais importantes dos líderes.

LGPD

Um curso que ensina sobre a LGPD é essencial para pessoas que buscam trabalhar com dados e tecnologia. Por isso, caso você pense em seguir carreira com desenvolvimento de sistemas, gestão de dados e confiabilidade de sites, essa é uma ótima oportunidade.

Prepara-se para o futuro com a ComSchool!

Você sabia que 84% das empresas têm a expectativa de que os colaboradores adquiram novas habilidades de forma independente? Se você quer fazer parte do mercado de trabalho do futuro, não deixe de aprimorar seus conhecimentos com a ajuda dos cursos da ComSchool! Conheça nosso catálogo e aproveite.

Commentaires


bottom of page