top of page

Qual é a diferença entre frete CIF e FOB? Entenda a importância de cada um

Atualizado: 21 de fev.

Garantir que o processo de entrega de uma negociação seja feito de forma ágil e precisa é um dos fatores decisivos para obter a satisfação do cliente e manter o bom funcionamento dos processos internos de uma empresa.


Para isso, os gestores podem escolher entre frete CIF e FOB. Entretanto, o que cada um faz?





Como otimizar o processo de entrega de uma empresa?


Proporcionar uma boa experiência ao consumidor na jornada de compra é determinante para a geração de conversão e, principalmente, para a fidelização do público-alvo. Com isso em mente, um bom negócio deve sempre considerar implementar a melhor estrutura no que diz respeito aos processos internos.


A entrega é parte indispensável desse processo.


Por isso, saber a diferença entre CIF e FOB e qual dessas modalidades se adequa mais ao perfil de uma empresa é muito importante.


Contudo, não basta apenas identificar qual é a melhor em questão de qualidade, pois o custo-benefício também deve ser considerado.


Pensando nisso, a ComSchool desenvolveu este artigo com o objetivo de reunir as principais informações sobre o assunto.


Assim, você passa a saber o que é frete CIF e FOB e outras dicas importantes sobre como otimizar o processo de entrega do seu e-commerce. Continue a leitura!


O que é frete CIF?


Para entender as principais diferenças entre cada uma das modalidades de entrega existentes, é preciso explorar o significado e o objetivo de cada uma delas.


A sigla CIF quer dizer “Cost, Insurance and Freight”, que significa “Custo, Seguro e Frete”. Nessa modalidade, o custo é assegurado pelo vendedor.


Assim sendo, como a responsabilidade da entrega é do e-commerce, todos os problemas relacionados ao processo de entrega da mercadoria são custeados pela loja, e não pelo destinatário.


Assim como em outros tipos de entrega, a loja deve disponibilizar um código de rastreamento.


O CIF é voltado exclusivamente para o comércio de produtos para o consumidor final. Então, a cobrança do frete CIF é feita de forma automática, pois o valor já está incluso no produto.


Sendo assim, apesar de comprar o produto por um valor mais elevado, o consumidor fica livre de preocupações.


O que é frete FOB?


Já o frete FOB é uma modalidade de entrega mais comum nas negociações entre empresas.


Nessa categoria, o vendedor se abstém de qualquer responsabilidade relacionada ao processo de entrega da mercadoria, já que, nesse caso, as transportadoras serão encabidas pela tarefa.


Diferentemente do CIF, a cobrança da entrega no FOB não ocorre juntamente ao produto. Na Nota Fiscal Eletrônica, constará apenas o valor da mercadoria e os tributos aplicados (PIS, ICMS, COFINS, IPI etc.).


Portanto, ao utilizar essa categoria como a principal metodologia de entrega da sua empresa, é importante certificar-se de que os parceiros e fornecedores sejam de confiança.


Além disso, também é necessário contratar um serviço que ofereça um custo-benefício vantajoso e com uma boa base de avaliação de clientes.


Assim, como o processo da operação logística da entrega é de responsabilidade do comprador, essa categoria é muito utilizada nas vendas B2B (Business-to-Business), isto é, de empresas para empresas.


Entretanto, qualquer contratempo ocorrido durante esse processo fica a custo do consumidor.



Quais são as vantagens de cada tipo de frete?


Além de entender as especificidades entre frete CIF e FOB, é importante ter em mente que cada uma delas é voltada para um tipo diferente de negociação e apresentam diversas vantagens. O CIF, por exemplo, é muito utilizado em e-commerces com diversos tipos de demanda.


Isso ocorre principalmente porque é um processo de logística menos complexo e que visa a oferecer menos preocupações para o cliente final, o que é um fator determinante para a decisão de compra e a fidelização.


Por isso, é sempre importante investir em tecnologia, a fim de tornar esse processo ágil.


Como cada uma dessas metodologias de frete CIF e FOB seguem direcionamentos distintos, é essencial escolher parceiros e fornecedores com estratégias semelhantes aos objetivos da sua empresa.


Assim, você garantirá que cada uma das partes envolvidas tenha ciência de suas responsabilidades.


Desse modo, gerenciar o setor de entregas da sua empresa e todo o caminho percorrido pela mercadoria até chegar ao destino final é um diferencial importante para obter bons resultados e satisfação do cliente.


Por isso, nunca é tarde para estudar novos processos e compreender as necessidades do seu público-alvo.


Aprenda como otimizar o gerenciamento de um e-commerce com a ComSchool!


Agora que você já aprendeu as principais diferenças entre frete CIF e FOB, é importante escolher a opção que mais se adequa ao perfil de clientes do seu empreendimento.


Dessa forma, avalie a qualidade dos serviços e os custos e todas as tecnologias necessárias para otimizar o frete das entregas.


O Curso de Gerentes de E-commerce 4.0 é uma oportunidade de aprender tudo sobre o gerenciamento de lojas virtuais. Assim, você fica por dentro das tendências e as melhores práticas. Confira!

Comments


bottom of page